Cadastre-se e receba novidades por e-mail.
Parque São Francisco de Assis
27/03/2014

     Parque reaberto, finalmente!

“Ninguém comete erro maior do que não fazer nada, porque só pode fazer pouco”

Esse pensamento de Edmund Burke, que gosto de repetir, ilustra bem a acertada decisão da Faema em reabrir o Parque Natural Municipal São Francisco de Assis, importantíssimo para Blumenau e região. O fato merece enaltecimento, depois do total abandono do parque na administração Kleinübing. Não deu para fazer tudo, mas fizeram o que era possível ser feito.

A pressão pela reabertura deste parque, que promete ser tão importante como ambiente natural quanto o Ramiro Ruediger é como parque urbano, foi resultado de pressão quase unânime de muitos segmentos da sociedade, que abraçou a causa lançada pela pioneira Acaprena (Associação Catarinense de Preservação da Natureza). Papel importante foi exercido pelo Sindicato dos Hotéis, Bares, Restaurantes e Similares, que tem discutido, nos últimos meses, a questão do ecoturismo em nossa região e que contou com o entusiasmo do ex-prefeito Félix Theiss para tal.

Parques naturais são o elo mais importante da cadeia do ecoturismo, setor que tem crescido de forma espetacular, coisa de 15% a 25% ao ano. No caso dos parques nacionais, com estatísticas disponíveis, os visitantes não param de crescer e isso é apenas o começo. De 1,6 milhão em 2006 saltamos para seis milhões de visitantes em 2013, marca histórica no Brasil, que tem poucos parques abertos à visitação. O número parece expressivo, mas ainda é ínfimo, se comparado com os Estados Unidos, onde, somente o parque nacional mais visitado, o Great Smoky Mountain, recebe nove milhões de visitantes/ano!

O atual governo federal, embora dormindo em berço esplêndido na área ambiental, finalmente abriu um olho, com a ação conjunta, também histórica, entre os ministérios do Turismo e do Meio Ambiente. Planeja-se até 2020 deixar em condições de visitação os 69 atuais parques nacionais brasileiros, que, como já disse nesta coluna, têm um potencial de movimentar R$ 1,6 bilhão/ano só em bilheterias. Aqui no Estado, o Parque Nacional de São Joaquim, mesmo sem estrutura, recebeu 125 mil visitantes em 2013, um aumento de 53% em relação a 2012 e já desponta como o quinto mais visitado do Brasil.

A indispensável proteção da água, paisagens e ecossistemas não significa, portanto, apenas custos. Não podemos perder esse bonde de oportunidades em nossa região, que têm um dos melhores potenciais de ecoturismo do Brasil, com destaque para o Parque Nacional da Serra do Itajaí. Bem-vinda, pois, a reabertura do Parque Natural Municipal São Francisco em pleno Centro de Blumenau. O pouco possível já foi feito. O resto virá como consequência.

LAURO BACCA

lauro.bacca@santa.com.br
http://www.clicrbs.com.br/jsc/sc/impressa/4,183,4456654,23986
Fonte: Jornal de Santa Catarina 26/03/2014.


SIHORBS - Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares de Blumenau e Região
Rua XV de Novembro, 550 - 4° andar, sala 410 - Centro - Blumenau - SC
Fone/Fax: 47 3326 5258
Criação e Desenvolvimento de Sites em Blumenau-SC